voltar

Como devo proceder no caso de ter que interromper a concretagem de uma laje?

Se, por algum motivo, a concretagem tiver que ser interrompida, deve-se planejar o local onde ocorrerá a interrupção da mesma. O concreto novo possui pouca aderência ao já endurecido. Para que haja uma perfeita aderência entre a superfície já concretada (concreto endurecido) e aquela a ser concretada, cuja ligação chamamos de junta de concretagem, devemos observar alguns procedimentos:

• deve-se remover toda a nata de cimento (parte vitrificada), por jateamento de abrasivo ou por apicoamento,com posterior lavagem, de modo a deixar aparente a brita, para que haja uma melhor aderência com o concreto a ser lançado;

• é recomendável a interposição de uma camada de argamassa com as mesmas características da que compõe o concreto;

• as juntas de concretagem devem garantir a resistência aos esforços que podem agir na superficie da junta;

• deve-se prever a interrupção da concretagem em pontos que facilitem a retomada da concretagem da peça, para que não haja a formação de "nichos" de concretagem, evitando a descontinuidade na vizinhança daquele ponto.

A laje já foi concretada, como deve ser regularizada?

Com a superfície da laje limpa, executar a regularização ou o contra-piso com argamassa impermeável na espessura mínima de 2 cm, utilizando 1 parte de cimento, 4 partes de areia e 2kg de vedador para cada saco de cimento (50kg) e sem cal (lembrar que o vedador é sempre misturado na água de amassamento).

Observar caimento mínimo de 1% na direção dos coletores: a cada metro de laje o nível desce 1 cm.

Para melhorar a aderência do contra-piso, deve-se umedecer a laje antes de se lançar a argamassa regularizadora sem deixar água empoçada. Uma perfeita aderência, entretanto, é obtida utilizando um composto adesivo com 1 parte de cimento e 2 partes de areia média e amolentar com solução de 1 parte de BIANCO para 2 partes de água, até se obter uma consistência de nata. Aplicar este composto na laje, com vassoura e, em seguida, ainda úmido, lançar a argamassa para regularização.

Como tratar trincas em lajes?

As trincas devem ser abertas, na largura de 0,5cm e profundidade de 1cm. Em seguida, limpe-as para remover partes soltas e poeira, pinte com NEUTROL. Após a secagem, preencha a trinca com CARBOLÁSTICO n.º 2 ou n.º 3.

Como tratar nichos de concretagem (bicheiras), ocorridos por falhas de concretagem?

Existem várias formas, são elas:

Para recomposições profundas

• Utilizar o GRAUTH, argamassa de alta resistência, impermeável, alto adensável e isenta de retração. A superfície deve estar limpa, áspera e isenta de pó ou nata de cimento. Umedecê-la, previamente, mas sem deixar água empoçada. De acordo com a fluidez desejada, adicionar 2 a 3 litros de água por saco de GRAUTH. Para espessuras maiores do que 5cm, pode-se acrescentar até 30% em piso, de brita 1 ou pedrisco, lavados e secos, sem perdas substanciais das resistências. Nesse caso é necessário ensaios prévios, adicionando, no máximo, 3 litros de água por saco de GRAUTH. Nas superfícies verticais, utilizar um “ cachimbo” para o produto não escorrer. Fazer o grauteamento em um período de até 30 minutos, depois da aplicação de água. Manter cura úmida por 3 dias. ou

• Utilizar a Argamassa Estrutural 240, argamassa seca de alta resistência, impermeável, para espessura entre 3 a 7cm, isenta de retração e grande aderência. A superfície deve estar limpa, isenta de nata de cimento e partes soltas. Umedecer previamente o substrato sem encharcá-lo. Acrescentar água à Argamassa Estrutural 240, até se obter a consistência desejada, que deve ser bem seca. O produto deve ser utilizado na consistência seca, é aplicado com colher de pedreiro ou mesmo com as mãos, utilizando luvas (dry-pack). Dar acabamento com desempenadeira, ou esponja. Manter cura úmida por 3 dias.

Recomposição superficial até 2,5cm

• Utilizar o GRAUTH, argamassa de alta resistência, impermeável, alto adensável e isento de retração. A superfície deve estar limpa, áspera e isenta de pó ou nata de cimento. Umedecê-la, previamente, mas sem deixar água empoçada. De acordo com a fluidez desejada, adicionar 2 a 3 litros de água por saco de GRAUTH. Nas superfícies verticais, utilizar um “ cachimbo” para o produto não escorrer. Fazer o grauteamento em um período de até 30 minutos, depois da adição de água. Manter cura úmida por 3 dias. ou

• Utilizar a Argamassa Estrutural 250, argamassa seca de alta resistência, modificada com polímero, impermeável, para espessura entre 5 a 25mm, isenta de retração e grande aderência. A superfície deve estar limpa, isenta de nata de cimento e partes soltas. Umedecer previamente o substrato sem encharcá-lo. Misturar os componentes, pó e líquido da Argamassa Estrutural 250, até se obter a consistência desejada, que deve ser bem seca. Utilizar a argamassa no prazo máximo de 1 hora. Aplicar em camadas de até 1,0cm, com colher de pedreiro. Sarrafear e dar acabamento com desempenadeira metálica ou esponja seca. Manter cura úmida por 3 dias.

Marcação

Para fazer a marcação de paredes em cima da laje ou piso já executado sugere-se passar pó xadrez em um barbante, fixar um prego em uma das extremidades, prender o barbante untado com o pó xadrez no prego e esticá-lo, puxando o barbante para cima e soltando-o, deixando com que o mesmo marque a laje.


voltar


© Todos os direitos reservados.                              Criação: Designum                              Webmaster: Robson Cachoeira